Pesquisar este blog

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

A água e a sequidão humana

Fui formada pelo poder da palavra de Deus, surgi antes da natureza e dos seres viventes, do mais profundo abismo e no mais infinito céu eu existo.
Fui criada para auxiliar a caminhada do homem, das entranhas da terra faço brotar vidas e alimento, saciando a fome de muitos nessa grande cadeia alimentar, por isso a fisiologia humana não pode viver sem mim, embora o orgulho e ambição do homem teimam em progredir e mudar o percurso simples e afluente de minha correnteza.
Pela primeira vez, sinto sede de mim mesma e choro por tanta rejeição e maus tratos. Pela primeira vez, sou obrigada a chorar e derramar minhas lágrimas na terra, que não molham, nem matam a sede dos homens, mas devastam com grande força no meu grito de alerta e desabrigo os homens e animais, mas entendam: sou forçada a abrir minhas comportas, pois meus pulmões não agüentam tanto lixo, tanta fumaça química nos céus por sua omissão.
Eu não consigo entender: vocês dizem que amam a Deus, mas não conseguem cuidar do que Ele fez, então, que amor é esse?
Vocês dizem que amam a Deus, mas antes preferem ostentar sua beleza usando bolsas, sapatos e casacos de peles de animais.
Vocês dizem que amam a Deus, mas antes preferem correr desenfreadamente pelo dinheiro e sucesso, poluindo - me, jogando química no ar, tudo em prol do progresso e do eu, enquanto o Criador fica em último lugar na sua lista de prioridades.
Vocês dizem que amam a Deus, mas não conseguem dar prioridade a Sua palavra, antes preferem priorizar suas próprias verdades, esquecendo-se das verdades do Criador que o chamou para imitá-lo e não para ser concorrente.
A mão humana me faz chorar agora, o homem também chorará, quando minhas lágrimas caírem sobre a terra ou mesmo quando não houver mais lágrimas para derramar, chorará com sede e fome, pois da semente de suas ações brotaram omissão e vaidade, eis ai o porquê de tanta seca: seca de amor, verdade e água.
Só há uma saída para arrancar-me das entranhas da terra e do infinito céu: aliando-se a Deus em amor e seguindo apenas a Ele por imitá-lo. Nunca desaparecerei, pois Deus ama os homens e eles precisam de mim e ainda que eu não esteja mais aqui nesta terra por sua contínua omissão e sequidão, já existe um lugar no qual muitos irão se banhar nas águas do rio vida, lá no céu, na cidade celestial de Deus a qual só aqueles que imitarem a Deus e segui-lo conforme Sua vontade poderão entrar, se banhar e beber-me, (Apocalipse 22.1 -15) assim diz a palavra do Senhor.

Até à próxima!
André Silva.

4 comentários:

André Silva disse...

A paz do Senhor, irmã Graça!
Sempre espero seus comentários, que edificam e me dão combustível para continuar.
Gostaria de ter seu e-mail para uma possível comunicação.
Em Cristo,
André silva

Paulo Adriano Rocha disse...

Paz, André! Pena que não dá pra fazer comentários na outra postagem. Rapaz... É um texto e tanto, uma mensagem realmente poderosa e esclarecedora. Que Deus abençoe cada leitor a abrir os olhos e encontrar ao Senhor, que é real, verdadeiro e poderoso não apenas para operar milagres, mas para transformar vidas!

Abraços e obrigado pelo seu comentário no blog. Você realmente me convenceu: se tivermos bons políticos cristãos, Deus poderá operar através deles na administração de nossas cidades, estados e país.

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Abs!
Faculdade Teológica

Seminário disse...

Rico, inspirador e abençoado conteúdo deste post!!!
Abraço e continue sempre na abundante Graça!!!
Seminario Internacional Teologico de São Paulo