Pesquisar este blog

sábado, 5 de maio de 2007

Felicidade Clandestina
Você é feliz? Pare, não responda, penso que seja melhor você refletir por um minuto, caso contrário, poderá responder com a emoção, a resposta exigida aqui é racional. Geralmente não raciocinamos ao responder esse tão grande questionamento, às vezes dizemos estar bem, noutras dizemos estar mal, mas isso não importa agora, até por que faz parte da vida os altos e baixos, portanto responda tão somente a pergunta: você é feliz?
Percebe-se que pouquíssimas pessoas conhecem o significado da palavra felicidade, vivem misturando momentos de alegria e descontração e talvez não tenham ainda encontrado um caminho para se encontrar com ela, porque nos ensinaram desde pequeno, nas músicas e nos romances que, ser feliz para sempre é ter encontrado a pessoa amada, em outros momentos, também nos ensinaram que felicidade é conquistar o tal emprego desejado e comprar tudo o que sempre sonhamos, disseram que ela estaria num parque de diversão com muita pipoca, algodão doce e sorvete, enfim ser feliz seria viver aqui para sempre, conquistar tudo e nunca morrer, mas porque existem pessoas que conquistaram tudo isso e não são felizes?
Por esse lado, obvia-se que o nosso conceito de felicidade desaba, quando percebemos o quanto não precisamos de nada disso para sermos felizes, mesmo assim teimamos em buscar a felicidade por essa estrada, por isso, há tanta gente inconformada, entregando sua vida a própria sorte, acreditando que a felicidade pode ser encontrada num simples resultado das cartas do tarô, acreditam, infelizmente, que os signos do zodíaco possam a cada dia ajudá-las a encontrar esse caminho, muitos até apelam para os tantos santos, simpatias e as cores, sem resultados, porque não atinaram ainda: felicidade é, antes de qualquer coisa, uma colheita, nessa grande plantação que a nossa vida, muitas vezes regada a lágrimas e muito suor, mas feliz.
O problema é, queremos a felicidade, mas não temos a disposição de plantá-la ou talvez quando adubamos a terra esquecemos de água-la, transferimos a nossa tarefa para Deus, muitas vezes queremos que Ele dê um jeito em tudo ou que alguém faça uma mágica para depois colhermos o fruto sadio no final, quando nos enganamos: se o problema é nosso, a saída cabe a nós encontrá-la, simplesmente por que Deus não fará nada que tiver ao nosso alcance, Ele só faz aquilo que é impossível para nós, sabe por que? Para que o nome dEle seja glorificado, para que todos saibam que não há outro fazedor das coisas, não há milagreiros, só Ele, porque “do Senhor é a terra e a sua plenitude; o mundo e aqueles que nele habitam” . (Salmos 24.1)
Dessa forma, vemos muitas pessoas baterem no peito e proclamarem uma felicidade que não possuem, acreditam serem felizes dentro da casa nova e julgarem os “sem casa” por faltar o pão naquela mesa, mas saiba: mesmo com muito dinheiro, com uma pele bonita, com braços musculosos, corpo perfilado, mesmo caminhando lado a lado com a pessoa escolhida metricamente por você, os problemas baterão a sua porta, pois se a felicidade pudesse ser regada a vinho e uma dose de charme, os ricos não morariam aqui, se mudariam para um planeta que correspondesse à altura as suas ambições, mas se estão aqui é por que ainda se encontram perdidos, não se descobriram enquanto pessoa ativa nessa história, fazendo apenas o que mandam, sem refletir, vestindo azul, verde, vermelho, andando descalços, fazendo a simpatia, apelando a quem quer que seja a procura por uma fórmula para essa tal felicidade, mas infelizmente não encontrarão, continuarão empurrando com a barriga, essa vida tão nossa, pois o caminho ainda está ladeado de hipocrisia e orgulho, quando antes deveríamos meditar se esse é realmente o caminho para encontrarmos a felicidade.
Talvez você diga agora que a felicidade pode ser encontrada em todo lugar, porém só os tolos pensam assim, se isso fosse verdade, o mundo seria outro, não haveria tanta disputa pelo poder, pois o poder é a via clandestina da felicidade social, que dar valor ao TER e não ao SER, por isso a depressão se instaura, o suicídio é alarmante. Se a felicidade estivesse em todo lugar, não havia sentido sair em busca dela, afinal já a teríamos conquistado, mesmo em meio às lágrimas do dia a dia, mesmo no árduo trabalho de mãos calejadas, ainda que a mesa esteja sem o pão necessário, mesmo sozinho ou em fase terminal ou mesmo numa cadeira de rodas com as pernas amputadas a verdadeira felicidade está lá presente, independente das circunstâncias, pois ela é e sempre será alimento para irmos até o fim, na esperança de que os problemas um dia se resolverão, mas aqui e agora é a vida a principal garantia de que mesmo no fim do poço, podemos criar forças para dar o salto o qual nós levará de volta ao topo e começarmos outra vez, nessa bela construção de paredes que devem ser restauradas e pintadas todo ano devido às sujeiras acumuladas. Isso é a vida nossa de cada dia, precisamos refletir diariamente, pois não há como fugir disso, nem mesmo morrendo, só os idiotas - preguiçosos tiram a vida, só os imbecis se trancam em quartos, quando a vida lá fora está fervendo, esperando você escrevê-la, é no lá - fora de nós, no lá - dentro de cada um que a felicidade começa e se estabelece solidamente sem ir embora.
Só somos felizes vivendo, somos felizes quando metemos a mão na massa, quando erramos para depois acertar, quando caímos e descobrimos como levantar, quando pegamos a semente e plantamos na terra seca e cuidamos de fofar a terra, água-la e esperar com a paciência do amor os resultados e se não houver resultados, não tem problema, plantemos outra vez, procuremos uma nova maneira de cuidar daquilo que é mais precioso, para não continuarmos dando murro em ponta de faca ao ansiar e querer cuidar do TER, dando valor ao material, esquecendo que o sentimental nunca se alimentará de glamour e orgulho, mas de um punhado de amor, dedicação e paciência.
Felicidade clandestina essa nossa de alimentar o ego sem alimentar a alma, de alimentar o orgulho sem alimentar a humildade, de alimentar o ter sem alimentar o ser, de alimentar a social reputação sem alimentar a dignidade.
Dessa forma, vamos todos morrendo sem felicidade, apenas de momentos agradáveis e passageiros, vivendo inconformados, buscando ter mais, sendo menos, buscando alcançar o topo sem escalar a montanha, vivendo clandestinamente a buscar um motivo de ser feliz aqui para que todo mundo veja ou do outro lado, isto é, se é que existe um outro lado, se aqui nem conseguimos ser felizes, é fundamental compreender o porquê precisamos plantar essa semente diária em nós, no outro e no mundo por onde a gente passar, se não, nem lá chegaremos, por não termos conquistado esse passaporte único para essa viagem que cobrará de nós um preço, porque viver custa caro para quem alimenta o TER e custa muito pouco para quem quer apenas dignamente viver.
Sendo assim dê um passo, renuncie a tudo isso que interfere seu acesso ao veículo da felicidade o qual o homem em si ainda não descobriu, talvez, nem a si mesmo, mas o caminho é latente e palpável, está vivo e bem perto, dentro de nós bem aqui para ser experienciado agora sem precisar de muito, apenas o imitando, seguindo -o, obedecendo -o. Saiba tão somente: a felicidade existe por si só, ela vive sem nós, mas nós morreremos sem ela, por isso é necessário haver uma entrega total de você para Ele, JESUS, o único caminho da felicidade.

Até à próxima!
André Silva

5 comentários:

ruama disse...

Esse texto foi o que eu mais gostei aqui!!!!me recorda o que eu achava sobre a felicidade e o que esse texto agora me ajudou a realmente entender o que é e qual é verdadeira felicidade.esta ótimo este blog parábens!

ruama disse...

Esse texto foi o que eu mais gostei aqui!!!!me recorda o que eu achava sobre a felicidade e o que esse texto agora me ajudou a realmente entender o que é e qual é verdadeira felicidade.esta ótimo este blog parábens!

ROBERTA disse...

NOS BRAÇOS DA AMIGA SOLIDÃO....ESTE TESTO MECHEU MUITO COMIGO,VIREI SUA FÃ NUMERO UM.MAS ESTE NÃO FOI O UNICO.TODOS TEM FALADO BASTANTE,O INTERECENTE E QUE NÃO MECHE SO COMIGO,EU IMPRO OS SEUS TEXTOS E LEVO PRA CASA, COMIGO MORRA UMA GAROTA QUE NÃO E EVANGELICA, E ELA ME PERGUNTO QUEM E VC RSRRS POR QUE QUERIA COMPRAR UM LIVRO.AS SUAS MESAGENS TEM AJUDADO MUITAS PESSOAS SEM ALMENOS VC TER IDEIA DE QUEM SÃO,QUE DEUS CONTINUE TE ILUMINANDO PRA VC CONTINUAR TOCANDO NO MEU CORAÇÃO E NO CORAÇÃO DA MINHA AMIGA CLANDIRA COLA COUTINHO.

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Abs!
Faculdade Teológica

Seminário disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Seminario Internacional Teologico de São Paulo