Pesquisar este blog

terça-feira, 26 de junho de 2007

Aquietai-vos!

Porque sofre o homem? Ao olhar a trajetória humana é possível observar seus medos e todos os meandros que circundam o percurso de sua história. Daí então, entender nossos medos e frustrações também nos leva a responder tal pergunta, embora há diversos tipos de sofrimentos, mesmo assim a maneira como reagimos desmistifica esse processo lento e complexo de tantas lágrimas e ansiedade em busca por uma vitória diante dos dramas que enfrentamos.
Nessa direção, ainda que tenhamos tantos problemas a resolver, precisamos, pela Palavra de Deus, buscar uma alternativa para aniquilar essa dor pela raiz, esse passado que ainda se aloja com amarguras em nossos corações, as culpas de nossas falhas cometidas, os perdões que precisamos distribuir e que a tanto tempo inflaciona esse sorriso levemente cínico para aparentar nossa respeitosa reputação, precisamos reverter nossa dor e amargura em bênçãos, necessitamos já de restaurar nossa dignidade contra essa frágil reputação mascarada. mas existe um remédio para isso, então abra sua Bíblia, a Palavra de Deus e veja o quanto sua dor e preocupação é mínima diante do Deus que você tem.
Seria possível me deter em muitas passagens para explicar o quanto somos dramáticos diante dos problemas e quanto, devido a ansiedade, acumulamos rugas e murmurações sem saber as possíveis soluções debaixo dos olhos de nossa fé, portanto:

“Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia; pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares; ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza; há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do altíssimo; Deus está no meio dela; não será abalada; Deus a ajudará ao romper da manhã; as nações se esbraveceram, os reinos se moveram, ele levantou a sua voz e a terra derreteu; o Senhor dos Exércitos está conosco; o Deus de Jacó é o nosso refúgio; vinde, contemplai as obras do Senhor que desolações tem feito na terra; Ele faz cessar as guerras até ao fim da terra; quebra o arco e corta a lança, queima os carros no fogo; aquietai-vos e sabeis que eu sou Deus, serei exaltado sobre as nações, serei exaltado sobre a terra; o Senhor dos exércitos está conosco, o Deus de Jacó é o nosso refúgio” (Salmos 46)

Quantas vezes, num cume de nossa ansiedade, buscamos resolver os problemas com nossas próprias mãos; quantas vezes, com a cabeça enorme, você acaba dizendo o que não deveria; quantas vezes, na pressa por uma resposta, você buscou outros refúgios e subterfúgios para acalentar o seu ego; quantas vezes, sem saída, suas lágrimas disseram que já era o fim, mas saiba de uma coisa: Deus é o nosso refúgio. É bem verdade que em primeiro plano buscamos um conselho de alguém, buscamos apelar a simpatias, a rogar a tantas pessoas, entretanto, quando descobrirmos que existe uma fortaleza, um socorro bem presente e real, sofreremos menos. A questão é Aquietai-vos!
O homem ao longo de sua história virou inimigo do tempo, o imediatismo barateou a nossa fé, e assim, a transportamos em vias marginais, em rios que não desembocam no mar, dizemos que temos fé, embora por agir dessa forma, não a colocamos em prática, portanto se torna sem efeito e causa, gritamos e ninguém nos responde, tudo isso por que tentamos buscar refúgio e fortaleza em lugares onde seguramente não há, mas agora Deus está dizendo a você, Aquietai-vos e sabeis que eu sou Deus.
Aquietar-se aqui no texto reflete a dependência a qual devemos ter dEle, afinal ainda que se abale a terra, ainda que os montes se transportem para o meio do mar, ainda que te digam que não há mais solução, que é o seu fim, mesmo assim Ele te diz: Eu sou o teu refúgio, Eu estou com você, estou vendo tudo, nada passa desapercebido diante dos meus olhos, aquietai-vos e sabeis que Eu sou Deus.
O que dizer diante dos recursos financeiros que acabaram; o que dizer diante da morte; o que dizer diante de uma enfermidade que se alojou silenciosamente e que agora explode num tumor; o que dizer ao perdermos quando queríamos ganhar; o que dizer diante da traição que nos golpeou sem um aviso prévio. Ah, são tantas coisas sem explicação, são tantas dores para justificar nossas murmurações constantes, quando o nosso refúgio e fortaleza, Jesus Cristo já visitou o túmulo de um homem em estado de putrefação com quatro dias de morte e o trouxe a vida, o verdadeiro refúgio e fortaleza, o nosso Deus visitou a Ana, uma mulher estéril, e a ela deu um filho, nosso refúgio, nada mais é que aquele o qual acalma a tempestade, cessa as guerras, corta o laço e quebra a lança do forte, não existe algo impossível a Ele, mas muitas vezes o diminuímos, pois queremos tudo agora, queremos uma solução agora; talvez você não entenda que a dor pode confinar na libertação e ai mora a cura de nossas soluções: esperar o desenrolar da história é deixar que Deus decida por nós.
O que Deus decidiria por você? E o que você decidiria por você mesmo? Ponha na balança e veja o resultado. Valeria a pena esperar na salvação do Senhor ou é melhor agir por conta própria? Eis o motivo de tanto sangue derramado, de tantas injustiças, quebramos tanto a cara pelos nossos passos ansiosos, por conta de nossa pressa e por buscarmos outros refúgios somos traídos por nossa própria fé, quando deveríamos dizer: Senhor eis-me aqui, o que fazer? Será que ao pedir pão, Jesus lhe dará pedra? Esse Deus que está mais vivo que você, esse Deus que nem dorme, nem cochila já fez os leões virarem travesseiro para um filho dEle dormir, esse Deus já passeou na fornalha de fogo com três jovens obedientes a Ele e nem mesmo os seus cabelos saíram com cheiro de fumaça, esse Deus grande já abriu o mar, fez cego enxergar, falou para tempestade: aquietai-vos e ela cessou, foi o único que venceu a morte e ressuscitou, não existe ninguém que possa dizer: foi me dado TODO O PODER, não existe ninguém que possa dizer: EU FAÇO, EU SOU, EU POSSO, esse é o único e verdadeiro refúgio e ainda você continua a dizer que não tem saída, nem esperança? Auto lá, aquietai-vos!
É preciso entender que as lágrimas de hoje serão as alegrias de amanhã, o que Jesus faz hoje só saberemos depois, é necessário entender o percurso do rio, é preciso entender o trabalhar de Deus no além de nós, é preciso entender que Ele quer escrever a nossa história, então aquietai-vos!
O que seria melhor: Você continuar escrevendo as linhas tortas de sua história ou deixar sua vida ser escrita por aquele que é o refúgio das nações, o nosso Deus, Cristo Jesus? Como seria sua vida se você se permitisse ser cuidado, observado e dirigido pelo seu Criador, mas também como continua sendo sua vida na sua própria direção? Entenda, Jesus não precisa de nós, Ele continua Deus sem nós, mas nós não somos nada sem Ele, se o mundo deixar de existir, mesmo assim, Ele continua sendo o Eu Sou Com os amigos aprendemos um pouco, nos decepcionamos às vezes, com os sub – intermediários e os supostos refúgios que cerceiam nossas crenças, continuamos os mesmos, continuamos com nossas mesmas dores, aquele que um dia foi mortal, de carne e osso jamais poderá ser uma fortaleza nos momentos de angústia, os signos do zodíaco, as cartas de tarô, os búzios, as simpatias, as tantas repetições poderão até nos enviar a algum lugar, pode até se maquiar de esperança, mas quando você buscar única e prioritariamente por Ele como refúgio, quando ele chegar na sua causa, quando Ele lhe visitar no leito de morte, quando Ele bater seu martelo e decretar, pode ter certeza, a vitória sua. Mas antes, aquietai-vos!


Não fique triste se a resposta ainda não chegou, Ele sabe de tudo, não se entristeça acaso você não veja agora o que tanto queria, Ele tem poder de transformar maldição em benção, porque o tempo é dEle, acima do tempo Ele mora; Jesus nem se apressa nem chega atrasado, ele só chega na hora certa; não se lamente se você vir todo mundo ganhando, se você vir todo mundo feliz, aquietai-vos! A felicidade sem Deus é apenas um gozo rápido e aparente; se suas forças estão acabando, aquietai-vos! Deus não lhe dará um peso que você não possa carregar, porque Ele é justo, portanto não tenha pressa pela resposta, não tenha pressa para vencer, deixe sua vida nesse momento ser guiada pela direção dEle, do jeito dEle e não mais do seu jeito, crie ansiedade para buscar a Ele, Jesus o seu refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia, da maneira descrita por Ele em sua Palavra, a Bíblia veja lá como é, deleite-se em buscar, você achará águas tranqüilas, mergulhe nesse oceano, reserve um tempo para conversar com Ele a sós, leia, a resposta está lá, ponha – se de pé, Jesus quer falar com você, deixe que Ele seja seu confidente e chore aos seus pés. Amigo(a) não precisa fazer nada, não precisa mover uma palha, não precisa fazer nenhum sacrifício, nem penitência, apenas espere Ele agir, porque Ele trabalha para aquele que nEle espera, somos a menina de seus olhos, Ele pelejará por você, creia, espere, aquietai-vos!

Até à próxima!
André Silva


3 comentários:

Marcia disse...

Olá a Paz do Senhor, André.

É desta frase que precisamos ouvir hoje e sempre. Aquietai-vos. Pq a vida corrida e agitada nos leva a muitas expectativas e dela brota a ansiedade e o desespero por não ver as coisas acontecerem e isto nos apresenta frustrações devido ao fato de sermos auto realizadores dos nossos próprios desejos. Mas somos tão frágeis precisamos confiar num ser que é todo poderoso e pode tudo por nós. Mas, somos ao mesmo tempo tão egoísta - ao ponto de chorarmos, sofrermos até esgotar-se a força da Esperança. Mas a solução sempre esteve muito presente. Temos a vida dada por um Deus que doa-se por nós todos os dias, dizendo-nos. Aquieta-te sou o Teu Deus.

Um grande abraço me Cristo.
(Esta palavra foi um bálsamo de Deus para vida de muitos).
Marcia.

André Silva disse...

A paz do Senhor, Márcia

Esse texto nasceu também de uma aflição, nasceu no momento de reflexão o qual foi possível ir além de mim mesmo para compreender que nada podemos, apenas Ele, no tempo dEle, Jesus Cristo.

Um abraço,

André Silva

Faculdade Teológica disse...

Que Deus continue abençoando seu trabalho e nos edificando com seus post Fica Na Paz!!!!
Abs!
Faculdade Teológica