Pesquisar este blog

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Exercício Espiritual:
Um novo olhar sobre um velho problema



Refletindo sob o signo da fidelidade no nosso ministério em Cristo, comecemos a pensar que não somos mais inocentes a cerca do que vem, ao contrário, ao escutar pela primeira vez a mensagem da cruz, nos tornamos presos a ela no seu desenrolar e ao seu fim: à volta de Cristo. Então, vamos malhar nosso entendimento, fazer uma ginástica espiritual, até por que, um corpo sedentário está à mercê de várias doenças, da mesma forma, é o corpo espiritual, se não exercitado vira oficina do maligno e apto a nos engordar cada vez mais com seus costumes, causando assim um enfarto. Enfim, por que devemos nos exercitar? Por que devemos ler, mas também ensinar e praticar o que aprendemos de Cristo? E por que muitos vivem hoje uma vida espiritual sedentária?
Nunca pude imaginar tirando uma nota razoável numa prova sem estudá-la antes, os irmãos também não conseguirão imaginar: somando, lendo, resolvendo problemas, explicando sem ter um dia parado para aprender. O mesmo se dá quando se trata da sã doutrina, de conhecer o nosso Deus. É impossível conhecer a Deus sem buscá-lo, conhecer sem aprender dEle, sem praticar seus ensinamentos em nossas vidas, por isso, devemos entrar nessa ginástica, a fim de fortificar nossos músculos, preparando- nos para o que vem.
Já escutei muito dos meus colegas dizerem que conhecem a Deus e se metem em contradições profundas, pois os mesmos não exercitam o que aprenderam de Cristo, acreditando que basta saber que Ele existe e pronto já é o suficiente, por isso acredito veemente que muitos deixam a fé ou ficam em cima do muro ou não querem decidir-se em aceitar a Cristo por não se exercitarem com a sã doutrina no seu dia a dia.
Fico triste ao encontrar, no domingo pela manhã e ver a escola bíblica praticamente vazia, pois é na escola que aprendemos, até por que, a palavra é alimento, pela palavra começamos a enxergar a evolução de nossa trajetória como cristãos, a ver o mundo por uma perspectiva pragmático – contextual e sem contar no aprendizado o qual nos fará forçosamente mestres do que aprendemos. Não vejo nenhuma relação positiva entre nós salvos em Cristo e a evasão nesse culto tão singular que deveria ser a nossa academia diária; logo, ao ver a igreja cheia num culto festivo, alinhados a um baile, penso que há muitos sedentários em nosso meio. Não sou contra festas, cultos de ação de graças, é claro que a comemoração sempre fez parte nos ritos dos antigos.
Se nos exercitarmos com a doutrina, fábulas profanas não acharão lugar em nosso meio, se nos exercitarmos, da mesma forma que mundo se exercita a fim de ganhar um corpo impecável, sem gordurinhas e belo, nada nos abalará, pois a doutrina nos dará sede de aprender mais, de ensinar a outros, de nos auto modelar em Cristo, de dar exemplo para o mundo sendo sal da terra, de esperar a vinda de Cristo com alegria e não com temor.

O apóstolo Paulo bem sabia da pressão cultural sobre o jovem Timóteo em Corinto, escrevendo duas cartas a ele e delas poderemos tirar proveito pessoal para seguirmos fortes, embora o próprio Timóteo tivesse que também vencer algumas fraquezas suas, endireitar caminhos tortos e vencer até mesmo a sua timidez, provando que para liderar, analisar, criticar não precisava ser velho, um jovem igual a você também pode ser uma forte liderança na casa de Deus.
Comece agora exercitando seus dons dados por Deus, inicie uma vida separada, uma vida voltada à oração, uma vida voltada ao estudo da palavra e deixe isto florescer na sua vida, da mesma forma que os jovens do mundo deixam florescer os músculos torneados por horas a fio de ginástica.
Siga o exemplo de Timóteo exercite os músculos espirituais e muitos vão poder seguir seu modelo e praticar esse hobby; sabendo nós que Cristo breve virá, então, a nossa ginástica não pode ser outra a não ser Jesus. Da mesma forma que essa sociedade corrompida nos empurra a lutar por uma vaga nos concursos e vestibulares, por que não lutar para propagar o evangelho de Cristo, por que não nos exercitarmos com baterias de provas e simulados para combater a apostasia que se insere de fininho em nossa igreja, por que não nos engajarmos como uma igreja unida em Cristo para não deixar os costumes mundanos nos contaminar, por que não nos unirmos em mutirão para pregar o evangelho nas ruas dessa cidade e mostrar ao inimigo que ser jovem não significa estar alheio e submisso à sua cultura medíocre propagada pela tv, mas em Jesus somos mais que vencedores.
O maior problema nosso é que estamos sedentários espiritualmente, queremos tudo pronto, queremos um culto pré- arquitetado e ao nosso gosto, mas não temos coragem de ajudar o ministério a fazer uma igreja melhor para nós e a comunidade, só criticamos. Somos o primeiro a ter preguiça de aprender de Deus, nos enfartando cada vez mais na frente das tvs, sem se dar conta que a nossa vida depende exclusivamente de nós mesmos, da nossa tarefa diária de uma palavra santa e verdadeira a qual nos insere neste mundo com papel de comunicá-la e vivê-la principalmente, pois não adiantará adorar dentro templo se nossa igreja interior não adorar a Deus nos tantos exercícios que praticamos no o decorrer do dia, até por que, sem oração e Bíblia o crente cai; por isso é que eu os intimo a malhar os músculos espirituais, sendo eles mais importantes que os físicos, dando eles mais oportunidades que os físicos. Veja Daniel e José, estes preferiram a academia de Deus.
Irmãos, vamos sair dos sofás, convido – os à escola dominical a fim de nos exercitarmos, em buscar a Deus na sua palavra, com sede, da mesma forma que o mundo tem sede pelo sucesso. Convido – os a praticar uma ginástica que dá um resultado imediato: o estudo pessoal da Bíblia aliada à vivência da oração. Praticando estes dois diariamente, teremos forças para vencer qualquer mundinho que nos cerca e não mais amassar o pão que Deus nos dá.
Eu posso, você pode: nós podemos fazer melhor, se lermos, lermos... Analisarmos, praticarmos e ensinarmos a outros, essa ginástica revigorante e completa: a palavra de Deus.

Até à próxima!

André Silva

13 comentários:

Prof. Israel Lima disse...

André,

Meu querido amigo e irmão em Cristo, é sempre um prazer ler suas mensagens!!
Falta só você, também, fazer uma visita ao meu blog.

A Paz!!

Meu blog:

"Pelo Corredor da Escola"

http://pelocorredordaescola.blogspot.com

Faça esta gentileza!! Ajude-me nesta divulgação.

Graça Souza disse...

Graça e paz!
Sou leitora assídua sim.Desde a primeira vez que entrei aqui, tenho gostado muito dos artigos que são postados. São esclarecedores, informais, mas com um peso espiritual muito grande.Os assuntos nos coloca de frente com a Palavra de Deus, e enfatiza situações diárias vividas por todos. Que maravilha que muitos pudessem ler esse artigo; repensariam assim na situação que levam e voltariam a frequentar a ED, cultos de ensino...a orar. Tbm penso na evasão cristã que tem sido terrível; ao invés de darmos oportunidade a Deus, estamos cultuando a nós mesmos. Nunca se viu tanta necessidade de descansar e passear. Nunca presenciamos tantos crentes pálidos e cansados. O que nos resta, para viver, é atender ao convite de malhar nossos músculos espirituais, ao contrário, perderemos tudo que já se conquistou. Uma boa dieta precisa de perseverança.Um grande abraço fraterno , em Cristo. Graça Souza.

Marcello de Oliveira disse...

Shalom!

1. Amado André, parabéns pelo blog. Os artigos são bem desenvolvidos, e tenho certeza que todos os seus nobres leitores serão abençoados. Que o Eterno continue a lhe dar graça e sabedoria.

Medite em Sl 81.16

abraços, Pr Marcello de Oliveira

P.s> veja a estréia do meu blog:

http://davarelohim.blogspot.com/

Debora Zibordi disse...

André, como sempre, um excelente texto.
Tem tanta gente malhando para ficar ideal aos olhos do mundo, mas o melhor exercício, como você disse, é o espiritual. Aleluia!
Porque o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, tendo a promessa da vida presente e da que há de vir (1 Tm 4:8).
Deus te abençoe, sábio irmão!

André Silva disse...

A paz do Senhor, Israel

Geralmente estou lendo seu blog, creio queem breve estarei comentando.
Muito boa a ideia e o título.
Um abraço,
André silva

André Silva disse...

Irmã Graça Souza, Paz do Senhor!

Como sempre tenho o privilégio em ter uma observadora atenta aos textos que Deus me dá.
Fico feliz pelas leituras e pelas orações a mim ofertadas.
Que o Senhor Jesus venha fazer grandes coisas na sua familia.
Em Cristo,
Obrigado por mais essa vez,
André Silva

André Silva disse...

A Paz do Senhor, Irmão Marcelo Oliveira

Fico grato pela leitura e visita.
Com certeza estarei sim visitando seu blog e juntos estaremos divulgando mais ainda a Palavra de Deus.
Um abraço,
André Silva

André Silva disse...

Paz do Senhor, irmã Débora!

Eu apenas fico feliz por encontrar uma juventude preocupada em agradar a Deus, vejo isso na irmã. Sua simplicidade e dedicação à obra me faz crer que os demais ansiosos por músculos e barriguinhas secas irão com o nosso testemunho se banhar no rio de Deus.
Que o Senhor continue a te abençoar.
Em Cristo,
Irmão André

Lucas Marin disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lucas Marin disse...

Desculpe-me, errei o endereço... rsrs
mas de qualquer forma agradeço a atenção!

Fique com Deus!

J. Heinkel disse...

QUE MARAVILHA! Finalmente um blog evangélico que tem conteúdo não oba-oba, e não sofista! Adorei a metáfora sobre a ginástica/desentarismo...E sim! Uma das coisas mais importantes é a escola dominical, que muita gente tem preguiça de ir pq tem que acordar cedo! Uma lástima, pois é lá onde somos doutrinados.... Como vamos praticar aquilo q não aprendemos, não é mesmo?

E tbm....uma coisa que eu mesma tenho que refletir...parar de criticar o modo do culto, e sim ajudar a melhorá-lo!

Outra coisa, rs..
sobre o seu comentário no meu blog..adorei! Amor-próprio é uma paz interna sim, com Deus, vc mesmo e o próprio!!! No caso, eu estava falando sobre um namoro meu...que terminou, rs...Namoro misto NUNCA MAIS!!!

Paz e Graça!

André Silva disse...

A paz do Senhor Jesus, irmã J. Heinkel

É um prazer tê-la aqui.
Que o Senhor Jesus continue abençoando você.
Em Cristo,
André

André Silva disse...

A Paz do Senhor, irmão Lucas

Sem nenhum problema!
É um prazer tê-lo aqui.
André