Pesquisar este blog

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

HONREMOS A MARIA

O fanatismo pode levar muitos a não prestarem honra aos que honra merecem. Honrar significa considerar a virtude, o talento, a coragem, a santidade ou as boas qualidades de alguém. A mulher escolhida por Deus para dar a luz à Luz do mundo - a santa Maria - nos deixou exemplos de fé, obediência, coragem, humildade, de amor e temor a Deus. Então, honremos a Maria porque Deus a honrou primeiro.
Maria foi escolhida para tão nobre missão porque era justa e reta aos olhos do Senhor. "EIS AQUI A SERVA D0 SENHOR. CUMPRA-SE EM MIM SEGUNDO A TUA PALAVRA." (Lucas 1.38). Este foi um exemplo de fé, obediência e humildade que nos deixou Maria. Com estas palavras ela acatou a missão que lhe acabara de ser anunciada pelo anjo Gabriel, ou seja, a missão de ser a mãe de Jesus, de servir de veículo para que o Verbo se fizesse carne e habitasse entre nós. Foi exemplo também de coragem: ela não ficou a meditar se o seu casamento com José seria desfeito ou se José gostaria ou não; se iria compreender ou não a sua gravidez. Ela confiou no Senhor e na Sua Palavra. Seguindo seu exemplo, sejamos submissos à Palavra de Deus e à Sua vontade, ainda que isso nos cause algumas dificuldades no meio em que vivemos. Que bom seria se todos dissessem:

"Cumpra-se em mim, Senhor, segundo a tua palavra".


Dessa forma, Maria não se envaideceu diante das declarações de sua prima Isabel, que lhe disse: "Bendita és tu entre as mulheres, e é bendito o fruto do seu ventre". Tão logo ouviu estas palavras, dirigiu-se ao Senhor em oração:

"A MINHA ALMA ENGRANDECE AO SENHOR E O MEU ESPÍRITO SE ALEGRA EM DEUS, MEU SALVADOR, PORQUE ATENTOU NA HUMILDADE DE SUA SERVA, POIS EIS QUE, DESDE AGORA, TODAS AS GERAÇÕES ME CHAMARÃO BEM-AVENTURADA" (Lucas 1.39-55).

Como vimos, honrar a Maria significa reconhecer que a sua missão aqui na Terra foi uma das mais nobres e importantes, qual seja, a missão de carregar em seu ventre, alimentar com seu sangue, amamentar e criar o nosso Redentor. Todavia, não se deve dispensar a Maria honrarias superiores às que ela merece. Nada podemos fazer para aumentar a sua posição diante de Deus. Como justo juiz, Deus não dará a Maria nada mais nada menos do que ela merece, do que ela conquistou com sua fé, humildade e obediência. E o que ela mais desejou foi a sua salvação, ou seja, viver com Cristo na eternidade. Maria dedicou toda a sua vida ao cumprimento da sua honrosa missão. Ela nunca teve a intenção de ofuscar o ministério de Jesus, e nem poderia. Ela sabia que a missão de Jesus era incomparavelmente superior à sua. A missão de Jesus era a do Verbo que se fez carne para trazer aos homens, na linguagem dos homens, a mensagem redentora do Pai. (João 1.1-6) Em momento algum Maria avocou a qualidade de mãe de Jesus para usufruir regalias. Ela nunca demonstrou qualquer intenção de ser alvo das atenções, de roubar a cena, de ofuscar o Filho de Deus. Ademais, as atenções dos discípulos estavam voltadas para o Mestre Jesus, porque somente dEle emanava a verdade, e somente nEle se via o resplendor da glória do Pai.
Nessa direção, quando encontramos uma fotografia ou imagem de Maria com uma coroa esplendorosa na cabeça e seu belo manto azul levando o título de rainha da paz, aquela que tudo fez, não temos outra idéia a não ser a de contradição, fantasia e fanatismo; a simples e honrosa mulher escolhida por Deus jamais colocaria uma coroa na cabeça, primeiro, coroa é sinal de poder e ela mesma sabia que todos procuravam seu filho pelo poder e maravilhas que dEle emanava, e não a ela, era a Jesus a quem a multidão acompanhava e não a ela. Segundo, os milagres ocorridos vinham de Cristo e não dela, o próprio Jesus rejeitou todo tipo de vanglória vindo da parte dos homens, Ele próprio glorificou ao Pai e não a Ele mesmo,
seu ministério foi simples e não uma apoteose de esplendor, chamá-la de rainha da paz é contradizer as palavras de Jesus em Mateus 10.34 “Eu não vim trazer paz, mas espada”, por isso colocar uma coroa na honrosa figura de Maria e sobrepor títulos a ela é dar a ela o que ela nunca quis e o que ela nunca concordou, pois sabia que sua missão não era a de ser cantada, glorificada e exibida como a super mãe, seu desejo não era de ser rainha e feitora das coisas, ao contrário, seu desejo foi ser serva, "EIS AQUI A SERVA DO SENHOR. CUMPRA-SE EM MIM SEGUNDO A TUA PALAVRA." (Lucas 1.38), sua vida e de sua família era simples e discreta assim como o ministério de Cristo afinal, quem queria ser coroado era Herodes, quando soube pelos astrólogos que de uma estrela nasceria um rei, ficou temeroso em perder seu destaque e poder, mandando matar todas as crianças de até dois anos, já a Maria, concordou com a missão honrosa e discreta, pois ela sabia desde a gravidez que carregava em seu ventre o Salvador do mundo, Aquele a quem já existia antes mesmo dela nascer, ela sabia que Jesus estava com o seu Pai quando o universo foi criado, ela sempre soube que Ele tinha feito todas as coisas (João 1.3), por isso, ela mesma O reconheceu como seu Salvador (Lucas 1.46 - 48).
Ela sabia que todo o poder estava concentrado apenas nEle, porque ele havia recebido do Pai celestial, ela foi testemunha ocular de que Jesus não era apenas um homem comum, mas também o próprio Deus, por isso que ela pediu aos empregados na festa de Canaã que eles fizessem tudo quanto Ele vos dissesse. (João 2.3-5)
Deus escolheu Maria, porque conhecia seu íntimo, seu coração, Deus já sabia, por ser Onisciente, que Maria concordaria em levar adiante os planos Dele: trazer Jesus aos homens para salvá-los.
Deus não escolheu Maria por que ela era rainha, majestosa e gloriosa, até porque o homem diante de Deus é apenas pó e Deus não dá a sua glória a ninguém (Isaias 42.8); mas Deus a escolheu primeiro porque ela era criatura e não criadora, ela era serva, ela era filha de Deus, seu ventre serviu de veículo, não só para transportar, mas também para se cumprir a vontade do Pai; Jesus não veio ao mundo por vontade dela, mas por vontade do Deus vivo, por isso ela foi honrada por Deus em receber o filho dEle em seu ventre. Como seria bom se todos nós seguíssemos o seu exemplo, sendo obediente e dedicado a Deus.

Por isso, eu honro Maria pela sua coragem, pela tarefa dificílima a qual lhe foi incumbida, levar o Salvador em seu ventre e vê-lo sendo preso, maltratado e escanteado pelas pessoas, se Maria estivesse viva entre nós, com certeza ficaria triste em ver que muitos hoje continuam deixando o Salvador Jesus em segundo plano, agradecendo a chuva, os milagres e as realizações dos seus sonhos a outros e não a Ele, ela ficaria decepcionada em saber que muitos vão buscar a solução dos seus problemas nela e em outros e não em Cristo, triste em saber que muitos ainda continuam rogando a ela e a outros e não somente a Ele, quando Ele mesmo disse: “Vinde a mim vós que estais cansados e oprimidos” (Mateus 11.28), Ela ficaria magoada em saber que muitos estão pedindo e rogando a outros, quando somente Ele pode rogar por nós a Deus (1º Timóteo 2.5; 1º João 2.1). Reconheço a honrosa missão de Maria e fico triste, da mesma forma que ela ficaria, por não observarmos as Escrituras e compararmos se de fato estamos sujeitos a Ele, louvando somente a Ele, glorificando somente a Ele, rogando somente a Ele, vivendo por Ele e nEle.

Até à próxima!
André Silva

12 comentários:

Graça Souza disse...

Com certeza.
Graça e paz. Graça Souza

Cristiane Carrillo disse...

Tem dois selos esperando por vc lá no meu blog! Abraços

Nayarah Souza disse...

Olá, muito obrigada pelo comentário que você fez no meu blog "A Palavra que Salva" (http://aPalavraQueSalva.blogspot.com). Gostei muito do seu blog e já estou te acompanhando... PERFEITA ESTA POSTAGEM SOBRE MARIA, CONCORDO PLENAMENTE COM VOCÊ... Que Deus te abençoe sempre!

Sinézia Melo disse...

A paz amado! Eu indiquei um selo "Vale a pena acompanhar esse blog" a você, visite meu blog e pegue seu selo. Fica na paz...

André Silva disse...

A paz do Senhor, irmã Graça!
É sempre um prazer tê-la aqui, honremos a Maria, pois Deus a honrou primeiro.
Em Cristo,
André Silva

André Silva disse...

Irmã Cristiane, Paz do Senhor
Agradeço a indicação dos selos.
Que os internautas do Brasil e de qualquer parte do mundo possam se alimentar da Palavra de Deus através dos tantos blogs que existem entre nós.
Em Cristo,
André Silva

André Silva disse...

Irmã Sinézia! Paz do Senhor,

Agradeço a indicação, que o Senhor Jesus seja o glorificado, pois é Ele quem tudo faz!
Em Cristo,
André Silva

André Silva disse...

A paz do Senhor, irmã Nayarah Souza

É um grande privilégio receber uma visita e comentário de uma jovem abençoada por Deus.
Seu blog é uma benção, peço apenas desculpas por não postar de imediato um comentário, pois devido ao trabalho paro pouco aqui.
Continue assim, trazendo textos edificantes e adorando ao Senhor.
Em Cristo,
irmão André Silva

Clecia disse...

A paz amigo André.Parabéns pelo belo texto.Todo o poder esta somente em Deus.Fica na paz.

J. Heinkel disse...

Caramba! É um dos textos mais esclarecedores sobre Maria que eu já li. Tem crentes que nem gostam de tocar no nome dessa mulher, confundindo o ídolo católico com a verdadeira mãe de Jesus. Ela merece ser admirada sim! Porém, nada menos nada mais do que admirada, afinal, ela é mais uma humana como nós.Você poderia fazer um livro com suas postagens, sem brincadeira!

Abraço, graça e paz!

Debora Zibordi disse...

A paz, irmão André.
Sim, Maria foi uma serva exemplar. Infelizmente, tem tantas mulheres que não querem obedecer seus maridos e nem preocupam-se com a criação dos filhos dentro da Casa do Senhor.

Maria foi obediente e jamais duvidou de que o Senhor, por intermédio do Espírito Santo, a faria mãe do Salvador.

Com sempre, belíssimo texto.

Que o Senhor te acrescente mais e mais sabedoria e graça. Fique na bênção de Deus!

André Silva disse...

A paz do Senhor,

Irmãs, Clécia, J. Heinkel e Débora

Agradeço demais a participação de vocês.
Um abraço,
André